Popular I

Colunistas

Popular I

Uma obra esperada há décadas começou a ganhar forma no Bairro Cristo Rei. Esta semana, começaram a colocação da rede de esgoto pluvial, para água da chuva não mais invadir as moradias. Compromisso anunciado desde os primeiros dias da campanha eleitoral do ano passado, os investimentos na melhoria da infraestrutura daquele bairro tem sido priorizados pelo prefeito João Luiz Vargas e pelo Secretário Leopoldo Faria. Mês passado, um mutirão para conserto de habitações de madeira envolveu voluntários, que ajudaram na compra dos materiais e reforma das casas. Outra novidade vem por ai: o Escritório da Cidadania, através do diretor Paulinho Nunes, está cadastrando moradias sem banheiro, para enquadrar a região no programa Nenhuma Casa Sem Banheiro do Governo Estadual.

Popular II

O programa Prefeitura Presente voltou ao Bairro Lôndero para entregar mais alguns títulos da regularização fundiária. A ação é resultado de um trabalho iniciado ainda no Governo de Léo GIrardello, através dos competentes técnicos que eram coordenados pelo então secretário de desenvolvimento Sandro Brum, do PP.

Prestígio Sepeense

Por falar em Sandro Brum, é provável que o político seja aproveitado pelo partido estadual. O nome de Sandro circula com bom trânsito nos gabinetes dos Covatti, que tem Silvana como Secretária de Agricultura e deputada estadual e Covatti Filho como deputado federal. São Sepé é bem quista pela família Covatti. Além de Elisa Gonçalves, que articula as pautas dos deputados na região, tempos atrás, o jovem advogado sepeense Ruan Martins também foi assessor técnico de ambos em Porto Alegre.

Medida Emergencial

A comunidade local pediu alternativas e a Prefeitura não conseguiu achar outra solução para a baderna noturna da Rua Riachuelo que não fosse o tradicional “pinta tudo de amarelo para proibir o estacionamento”. O expediente foi utilizado em outros tempos em frente ao Bar do Simon e surtiu efeito a curto prazo, mas, como sempre, a coação do trânsito não gerou grande impacto na arruaça logo que se deram por conta que o problema é a falta de policiamento. Quem quer fazer bagunça, faz o que quer independente da cor do meio fio da rua, principalmente quando a fiscalização ostensiva não tem perna para estar permanentemente presente.

Plano B

A cidade terá que buscar uma alternativa rápida para conseguir conviver com a juventude que está sedenta por espaços de interação social. Na Câmara de Vereadores, todos os edis estão dispostos a construirem, junto com o Executivo, alguma solução. Tomara que isso ocorra em breve.


Golaço na Gaveta I

São Sepé entrou no seleto grupo de municípios do Estado do RS que tem seu Sistema Municipal de Cultura. O trabalho do trio Fernando Vasconcellos – Sofia Corrêa – Lucas Cirolini tirou do papel uma demanda antiga da Secretaria Estadual de Cultura, que era adequar a burocracia para que dinheiro de fora pudesse custear projetos locais. Essa semana, também, o processo de oficineiros teve andamento. Foi uma semana de grandes novidades no setor cultural.


Golaço na Gaveta II

O presidente da Câmara de Vereadores Rodrigo Ferreira, do PSB, emplacou um baita projeto, desenhado a partir de discussões com o movimento negro da cidade e associações de capoeira: a criação da Semana Municipal da Arte e Cultura da Capoeira. O evento entra no calendário municipal com força para mobilizar escolas e virar uma ferramenta de educação e inclusão social.

 1,375 Visualizações,  1 Hoje

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *