Jovem morre ao ser atingida por tiro na cabeça

Destaque Geral Polícia São Sepé

Polícia vê indícios de feminicídio

Letícia Escaio de 19 anos, mãe de dois filhos, morreu na madrugada desta quinta-feira, após ser atingida pelo disparo de uma pistola calibre 9mm desferido pelo seu companheiro.

Conforme a Delegada de Polícia Civil de São Sepé Carla Dolores Castro de Almeida, em entrevista à rádio Cotrisel, o suspeito do crime tinha relacionamento a 5 anos e era pai dos 2 filhos da jovem, uma menina de 5 anos e menino de 1 ano que não estavam no local na hora do fato.

Conforme relato da delegada, o suspeito alegou que o tiro teria sido acidental quando ele estava mostrando a arma para a vítima. O tiro que acertou a cabeça da vítima teria ocorrido assim que ele carregou a arma. Ela faleceu imediatamente.

Delegada Carla lavrou auto de prisão em flagrante em razão dos indícios deve pedir a prisão preventiva dos suspeito pois há indícios suficientes da autoria do feminicídio. Tão logo seja formalizado o flagrante será instaurado um Inquérito Policial onde serão aprofundadas as investigações.

A Delegada Carla Dolores aproveitou para alertar as mulheres que sofrem violência registram contra seus companheiros e depois voltam para pedir para não dar sequência no processo como o próprio caso de Letícia que em 2021 registrou e depois voltou atrás após reatar o relacionamento. O suspeito do crime foi encaminhado ao Presídio Estadual de São Sepé.

Delegada Carla Dolores Castro de Almeida – Foto: Luís Carlos Machado

 1,036 Visualizações,  1 Hoje

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *