Polícia Civil de Santa Maria desencadeia em Passo Fundo, a “Operação Sexta Premiada”, no combate ao crime de estelionato, no conhecido “golpe do bilhete premiado”.

Destaque Geral Polícia

Nesta sexta-feira (13/01), a DPICOI (Delegacia de Polícia de Proteção ao Idoso e Combate à Intolerância) de Santa Maria e a Delegacia de São Sepé, desencadearam na cidade de Passo Fundo, a “OPERAÇÃO SEXTA PREMIADA”, no combate à crimes de estelionato.

Foram cumpridos 03 mandados de prisão preventiva e 07 mandados de busca e apreensão, que envolvem duas investigações distintas e duas vítimas, uma da cidade de Santa Maria/RS e a outra de São Sepé.

Os Bairros onde foram cumpridas as ordens judiciais são Jaboticabal, Nenê, Graeff, Planalto A e Annes. Apenas um indivíduo de 21 anos foi localizado e preso na Vila Annes em Passo Fundo e recolhido ao Presídio Regional de Passo Fundo.

Foram apreendidas joias, telefones celulares, máquina débito/crédito, roupas utilizadas pelos estelionatários nos golpes e um veículo.

A primeira investigação iniciou logo após a vítima idosa de 77 anos registrar o fato que ocorreu em 30/11/2022, quando foi abordada na quadra do Posto de Saúde do Centro da Cidade de São Sepé, por uma mulher e logo em seguida um homem, onde ambos diziam ter ganhado um bilhete premiado e precisavam de testemunha para retirar o prêmio no Banco Banrisul. Ludibriaram a vítima informando que a idosa precisava tirar um extrato de sua conta para ser testemunha. Após ludibriarem a vítima, os criminosos ficaram com o seu cartão e realizaram um saque da sua conta no valor de R$3.000,00 no próprio caixa da Agência do Banco Banrisul. A idosa também entregou o cartão do Banco Sicredi, onde os criminosos realizaram um saque da sua conta no valor de R$ 200,00 reais, também no interior da Agência. Através das imagens das câmeras de monitoramento da cidade e imagens das câmeras dos Bancos, foi possível flagrar toda ação criminosa, sendo possível identificar outros dois criminosos que eram responsáveis pelos saques nas agências, enquanto a mulher e o homem ludibriavam a idosa.

A segunda investigação iniciou logo após a vítima idosa de 77 anos registrar o fato que ocorreu em 29/11/2022, na cidade de Santa Maria, quando foi abordada inicialmente por uma mulher que disse ter um bilhete premiado, em seguida juntou-se um segundo homem e, após ludibriarem a vítima, ela acabou fazendo um empréstimo de R$ 28.000,00 e deu o dinheiro aos golpistas, os quais ficaram com seu cartão e realizaram diversas compras, totalizando o prejuízo entre o valor do empréstimo e das compras em R$ 34.650,00.

A ação foi coordenada pelas Delegadas de Polícia Débora Dias, titular da DPICOI/Santa Maria e Carla Dolores Castro, titular da Delegacia de São Sepé e contou com o apoio da DRACO/Passo Fundo, DRACO/Santa Maria e DP/São Sepé.

 650 Visualizações,  1 Hoje

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *